Buscar
  • Dr. Lucas D'Amico

4 lesões no quadril do atleta




Dor no quadril durante a prática de esportes é uma queixa comum, principalmente em exercícios que envolvem esforço repetitivo.


Na maioria dos casos os sintomas ocorrem devido lesões nos tendões, músculos e cartilagem, ou casos de inflamação. Confira cinco alterações comuns:


- FRATURAS POR ESTRESSE: Em atletas com QUALIDADE ÓSSEA a fratura acontece após grande sobrecarga nos treinos e competições, principalmente em atividades de impactos como corridas de longas distâncias. É mais comum entre os corredores de longa distância.


- PUBALGIA: É a dor na região do púbis, formada pelos ossos do púbis e ísquio, pela sínfise púbica e os tendões da musculatura do abdômen e adutores. Geralmente causada por microtraumas de repetição, é comum entre os atletas que precisam fazer mudanças bruscas de direção (futebol e basquete), além de afetar os corredores e ciclistas.


- IMPACTO FEMOROACETABULAR - Trata-se de um contato anormal entre a ‘cabeça’ do fêmur e o encaixe da articulação do quadril (acetábulo).

Está entre as principais causas de dor na virilha e no quadril - que também pode atingir o glúteo. O sintoma é mais comum durante atividades de movimento, como flexão e rotação do quadril, após passar muito tempo sentado ou dirigindo. Pode ocorrer também em esportes com grande amplitude de movimento, como ballet, surf e golfe e em pacientes com hipermobilidade.


- BURSITE - É uma inflamação da bolsa (bursa) que existe ao lado da parte superior e lateral do fêmur, acontece devido a um atrito de um tecido fibroso da coxa sobre o osso, causada principalmente pelo excesso de carga mecânica. O tratamento envolve um programa de recuperação com fisioterapia, medicações, fortalecimento muscular e, em alguns casos, cirurgia.


Você pode agendar o seu horário via WhatsApp: (42) 99108-7430. Dr. Lucas P. D'Amico Fam CRM-PR 24879 - CRM-SC 21596 - TEOT 12557

1 visualização0 comentário